sábado

sinopse diminuta para Clarice


fonte: oglobo.globo.com

entretecendo e semeando
enigmas e silêncios
essa ucranialma dispôs
palavras & estrelas
entalhando um evangelho díspar
lispectro solaris
breviário de abstratégias
onde tudo solfeja
entre o sutil e o abissal

Um comentário:

Márcia disse...

Este poema é uma pequena jóia: rara como só aos grandes ourives é dado saber lapidar.

Um beijo grande por ele.