sexta-feira

mesmo não sendo homônima


"Jovem mulher de olhos azuis", Amedeo Modigliani

você é Marina
mesmo que se outro
seu nome for
do tão oceânico olhar
às vezes em que azul à risca
você ilha e eu amor
ou quando você ondas
eu navegador

que haja tratados
de tordesilhas
dos recônditos seus
por singrar
mas você sempre sereia
eu eterno homem ao mar

Um comentário:

tanica disse...

Achei linda ! É o amor no ar.
beijocas