terça-feira

bípede e trôpego

por asas não ter
dos flamingos invejo
o vôo transversal e rosa
ou dos albatrozes
os oceânicos traslados
eu que quase nada
posso ser

eu que não posso voar
nem como alva ou gris gaivota
em costeira existência
longe das magnas águas
de alto mar

Nenhum comentário: