sábado

dos compassos do silêncio


"Menina com o mandolin", Pablo Picasso

se quando percorro
tardes e entrelinhas
silêncios disponho em
lugar de palavras
estes lapsos na pauta
são respostas do
meu coração
que entristece

por saber o amor
sem semibreves
ou fugazes o sonho e o
instante da estrela
e recolho minhas asas
feito lira que
também anoitece

Um comentário:

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Lindo, simplesmente!

O silêncio sempre preenchendo as nossas entrelinhas.

Abraços,