terça-feira

por vezes o silêncio contradigo










"Paisagem ao crepúsculo", Vincent van Gogh

como que de olhos
vendados à felicidade
sem sonhos conjugar
entre equívocos da
estação prossigo

por vezes o silêncio
contradigo com fraseados
a meu modo cifrados
ainda que recônditos
não os ouça ecoar

o que me incita ao verso
no que me torno palavra
é tentar mitigar tudo que
não me é constelado

o que não posso transpor
o que em mim é dissidência
o que se afigura ausência
ou o que não é amor

Um comentário:

Elizabeth F. de Oliveira disse...

O que te incita o verso é a beleza do universo da tua alma.
Teu silêncio fala em palavras o que tua voz talvez não consinta.
E o todo e tudo só te é poesia.