quarta-feira

de claves e de partituras


"Os três músicos", Pablo Picasso

teço canções em
compassos
de moinhos de vento
e assim apascento
a solidão que
carrego comigo

mas se arcana me
foge a palavra
a dor solfeja e
promessa nenhuma
me oferece abrigo

3 comentários:

Graça Pires disse...

A sua voz a misturar-se com o vento e as palavras a oferecerem-lhe o abrigo que parecem negar-lhe...
Gostei de passar por aqui. Um beijo meu Amigo d'Angelo.

Adriana disse...

" dor solfeja e
promessa nenhuma
me oferece abrigo"
Adorei a metáfora da música, os solfejos.A solidão pode ir-se com o vento.Belo demais.

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Adorei imensamente o poema!
De claves e partituras, li nessa pauta uma canção poética.
Abraços,