domingo

de sul a norte o caminho se perfaz

sem delongas ou adeus
disperso-as assim
palavras, gelosia afora
ainda que na invernada
périplo pelos campos
para encetar a jornada
elas que são do
coração meu os ais

depois que singrem no vento
em silente permuta
e venham a mim novos
pontos cardeais

Nenhum comentário: