domingo

entre cirros, gigas e allemandes

como que tirados
de um alaúde
versos quero
repletos de música
meu coração barroco
neles estampado

mais o vento, seus
bemóis
para adiante levá-los
entre mosaicos
de nuvens
pouco mais que
além disso

mesmo que o sol
se esquive
ou o azul se
faça omisso

Um comentário:

Aleph Borges disse...

Olá, muito obrigado por visitar o meu blog. Fico contente por saber que vc apreciou a minha escrita. Antes de tudo sou amante de poesia, mas sou também pesquisador e professor. Grande abraço, Alexandre Bonafim.