domingo

eu que não Narciso


"O Mito de Narciso", de Caravaggio


no lago contemplado
não me encontro
se miro dele o espelho
vejo-me sol eclipsado
a luz do lado do avesso

perscruto então
as estações
no outono me reconheço
qual abismo de verões
e primaveras
eu que sou tão fim e
quase nunca começo

2 comentários:

Graça Pires disse...

"no lago contemplado
não me encontro"
É que os deuses moravam rente à água, onde o vento riu da sua mágoa por não poder tocar tanta beleza.
Gosto do mito de Narciso. Gostei do seu poema e da pintura excelente de Caravaggio.

Alexandre Bonafim disse...

Belo poema! Amo essa tela do Caravaggio. Abração.